Tesouro suspende incentivo a microcrédito

[av_section min_height=” min_height_px=’500px’ padding=’default’ shadow=’no-shadow’ bottom_border=’no-border-styling’ id=” color=’main_color’ custom_bg=” src=’https://www.ejsgestor.com.br/wp-content/uploads/2019/10/EJS-BG.png’ attachment=’1852′ attachment_size=’full’ attach=’scroll’ position=’top left’ repeat=’no-repeat’ video=” video_ratio=’16:9′ overlay_opacity=’0.5′ overlay_color=” overlay_pattern=” overlay_custom_pattern=”]

[av_hr class=’invisible’ height=’50’ shadow=’no-shadow’ position=’center’ custom_border=’av-border-thin’ custom_width=’50px’ custom_border_color=” custom_margin_top=’30px’ custom_margin_bottom=’30px’ icon_select=’yes’ custom_icon_color=” icon=’ue808′ font=’entypo-fontello’]

[av_three_fourth first min_height=” vertical_alignment=” space=” custom_margin=” margin=’0px’ padding=’0px’ border=” border_color=” radius=’0px’ background_color=” src=” background_position=’top left’ background_repeat=’no-repeat’ animation=” mobile_display=”]

[av_hr class=’invisible’ height=’10’ shadow=’no-shadow’ position=’center’ custom_border=’av-border-thin’ custom_width=’50px’ custom_border_color=” custom_margin_top=’30px’ custom_margin_bottom=’30px’ icon_select=’yes’ custom_icon_color=” icon=’ue808′ font=’entypo-fontello’]

[av_image src=’https://www.ejsgestor.com.br/wp-content/uploads/2020/02/103-300×240.jpg’ attachment=’3587′ attachment_size=’medium’ align=’center’ styling=” hover=” link=” target=” caption=” font_size=” appearance=” overlay_opacity=’0.4′ overlay_color=’#000000′ overlay_text_color=’#ffffff’ animation=’no-animation’][/av_image]

[av_hr class=’invisible’ height=’10’ shadow=’no-shadow’ position=’center’ custom_border=’av-border-thin’ custom_width=’50px’ custom_border_color=” custom_margin_top=’30px’ custom_margin_bottom=’30px’ icon_select=’yes’ custom_icon_color=” icon=’ue808′ font=’entypo-fontello’]

[av_heading heading=’Tesouro suspende incentivo a microcrédito’ tag=’h3′ style=’blockquote modern-quote’ size=” subheading_active=” subheading_size=’15’ padding=’10’ color=” custom_font=”][/av_heading]

[av_hr class=’invisible’ height=’10’ shadow=’no-shadow’ position=’center’ custom_border=’av-border-thin’ custom_width=’50px’ custom_border_color=” custom_margin_top=’30px’ custom_margin_bottom=’30px’ icon_select=’yes’ custom_icon_color=” icon=’ue808′ font=’entypo-fontello’]

[av_textblock size=” font_color=” color=”]
Fonte: Valor Econômico

O governo interrompeu os repasses de recursos para equalização das taxas de juros no microcrédito do Programa Crescer neste ano, o que já resultou num aumento do custo do empréstimo. A expectativa é que esse tipo de transferência seja reduzida para ajudar no ajuste fiscal.

Segundo antecipado pelo Valor PRO, serviço em tempo real do Valor, na sexta-feira, a medida está em linha com o discurso da equipe econômica de diminuir o repasse de recursos públicos para garantir taxas de juros mais baixas, como ocorre no Programa de Sustentação do Crescimento (PSI) do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
O objetivo, conforme técnico da área econômica, não é acabar com o Programa Nacional de Microcrédito Orientado (PNMPO), que foi repaginado em 2011, e batizado como Crescer, contando com incentivo de juro subsidiado. A avaliação, no entanto, é de que era preciso uma adequação ao cenário econômico.

A retomada dos repasses para equalização das taxas de juros das operações do Crescer só será feita a partir da definição do tamanho do corte das despesas que será necessário para garantir o cumprimento da meta de superávit primário de 1,2% do PIB neste ano. O orçamento foi aprovado na terça-feira e ainda depende de sanção da presidente Dilma Rousseff. Só depois é que a equipe econômica vai anunciar o contingenciamento necessário para ajustar suas contas.

Em 2011, quando foram anunciadas mudanças no microcrédito para incentivar um aumento das operações, portaria do ministério da Fazenda definiu que o Tesouro Nacional poderia destinar até R$ 500 milhões por ano para subsidiar os juros dessas operações.
Um dado importante, porém, é que de lá para cá a inadimplência dessas operações disparou. Em março de 2011, quando começa a série histórica do Banco Central, o índice de calote no microcrédito para pequenos empreendedores estava em 2,2%. Em janeiro de 2015, a taxa ficou em 5,28%, depois de um pico de 7,58% em agosto de 2014. Em igual período, a carteira de microcrédito também deu um salto expressivo, de R$ 1,05 bilhão em março de 2011, para R$ 5,31 bilhões em janeiro deste ano.

“No momento, estamos atuando fora do Crescer”, informou o Banco da Amazônia, por meio de sua assessoria de imprensa. “O Banco da Amazônia já recebeu do Tesouro Nacional as verbas de subvenções de 2014 e assim que aprovadas as verbas do Crescer para 2015 retomará sua atuação no programa”, acrescentou.

Neste ano, a equipe econômica ainda não autorizou a liberação de recursos para equalização de novas operações de microcrédito. Segundo outra fonte ligada às instituições financeiras, os interessados tiveram acesso a outras linhas de microcrédito. Ou seja, pagaram taxas de juros mais elevadas.

O Banco da Amazônia informou, por exemplo, que os encargos financeiros adotados no Crescer eram de 0,41% ao mês, com Taxa de Abertura de Crédito (TAC) de 1%. Atualmente, os juros cobrados são de 2,4% ao mês e TAC de 3%. “Nosso entendimento é que o cliente do microcrédito necessita muito mais que baixas taxas de juros, o mais importante é acesso ao microcrédito de forma ágil e desburocratizada”, acrescentou.

O Banco do Brasil destacou, por meio de sua assessoria, que tem mantido a oferta do microcrédito produtivo orientado. “Em nenhum momento houve descontinuidade do atendimento aos empreendedores”, informou em nota. As taxas de juros do BB nessas operações vão de 0,40% a 2,80% ao mês. A Caixa Econômica Federal e o Banco do Nordeste, que também operam o Crescer, não se posicionaram sobre o tema.
[/av_textblock]

[av_hr class=’invisible’ height=’10’ shadow=’no-shadow’ position=’center’ custom_border=’av-border-thin’ custom_width=’50px’ custom_border_color=” custom_margin_top=’30px’ custom_margin_bottom=’30px’ icon_select=’yes’ custom_icon_color=” icon=’ue808′ font=’entypo-fontello’]

[av_social_share title=’Compartilhe!’ style=” buttons=”]

[av_hr class=’invisible’ height=’50’ shadow=’no-shadow’ position=’center’ custom_border=’av-border-thin’ custom_width=’50px’ custom_border_color=” custom_margin_top=’30px’ custom_margin_bottom=’30px’ icon_select=’yes’ custom_icon_color=” icon=’ue808′ font=’entypo-fontello’]

[av_hr class=’invisible’ height=’50’ shadow=’no-shadow’ position=’center’ custom_border=’av-border-thin’ custom_width=’50px’ custom_border_color=” custom_margin_top=’30px’ custom_margin_bottom=’30px’ icon_select=’yes’ custom_icon_color=” icon=’ue808′ font=’entypo-fontello’]

[/av_three_fourth][av_one_fourth min_height=” vertical_alignment=” space=” custom_margin=” margin=’0px’ padding=’0px’ border=” border_color=” radius=’0px’ background_color=” src=” background_position=’top left’ background_repeat=’no-repeat’ animation=” mobile_display=”]

[av_sidebar widget_area=’Sidebar Blog’]

[/av_one_fourth][/av_section]

Deixar uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.