FACTORING DEFINITIVAMENTE INSERIDO NO NOVO CÓDIGO COMERCIAL

[av_section min_height=” min_height_px=’500px’ padding=’default’ shadow=’no-shadow’ bottom_border=’no-border-styling’ id=” color=’main_color’ custom_bg=” src=’https://www.ejsgestor.com.br/wp-content/uploads/2019/10/EJS-BG.png’ attachment=’1852′ attachment_size=’full’ attach=’scroll’ position=’top left’ repeat=’no-repeat’ video=” video_ratio=’16:9′ overlay_opacity=’0.5′ overlay_color=” overlay_pattern=” overlay_custom_pattern=”]
[av_hr class=’invisible’ height=’50’ shadow=’no-shadow’ position=’center’ custom_border=’av-border-thin’ custom_width=’50px’ custom_border_color=” custom_margin_top=’30px’ custom_margin_bottom=’30px’ icon_select=’yes’ custom_icon_color=” icon=’ue808′ font=’entypo-fontello’]

[av_three_fourth first min_height=” vertical_alignment=” space=” custom_margin=” margin=’0px’ padding=’0px’ border=” border_color=” radius=’0px’ background_color=” src=” background_position=’top left’ background_repeat=’no-repeat’ animation=” mobile_display=”]

[av_hr class=’invisible’ height=’10’ shadow=’no-shadow’ position=’center’ custom_border=’av-border-thin’ custom_width=’50px’ custom_border_color=” custom_margin_top=’30px’ custom_margin_bottom=’30px’ icon_select=’yes’ custom_icon_color=” icon=’ue808′ font=’entypo-fontello’]

[av_image src=’https://www.ejsgestor.com.br/wp-content/uploads/2019/08/factoring.jpg’ attachment=’1812′ attachment_size=’full’ align=’center’ styling=” hover=” link=” target=” caption=” font_size=” appearance=” overlay_opacity=’0.4′ overlay_color=’#000000′ overlay_text_color=’#ffffff’ animation=’no-animation’][/av_image]

[av_heading heading=’FACTORING DEFINITIVAMENTE INSERIDO NO NOVO CÓDIGO COMERCIAL’ tag=’h3′ style=’blockquote modern-quote modern-centered’ size=” subheading_active=” subheading_size=’15’ padding=’10’ color=’custom-color-heading’ custom_font=’#1b3b72′][/av_heading]

[av_hr class=’invisible’ height=’50’ shadow=’no-shadow’ position=’center’ custom_border=’av-border-thin’ custom_width=’50px’ custom_border_color=” custom_margin_top=’30px’ custom_margin_bottom=’30px’ icon_select=’yes’ custom_icon_color=” icon=’ue808′ font=’entypo-fontello’]

[av_textblock size=” font_color=” color=”]

Após o árduo trabalho realizado pelo SINFAC-SP, com o apoio de diversos parlamentares que entenderam os anseios do setor, o fomento mercantil acaba de ser inserido no anteprojeto do novo Código Comercial que tramita no Senado.

Elaborado pela comissão de juristas designada para este trabalho, o anteprojeto destina ao fomento mercantil todo o Capítulo VII (Parte Especial, Livro II, Título II), com a introdução dos artigos de 553 a 559 (Clique aqui e leia o trecho da proposta). A íntegra do anteprojeto já está disponível para consulta pública no Portal e-Cidadania, dentro do site do Senado.

Com esta ferramenta, qualquer cidadão pode se manifestar a favor ou contra cada um dos artigos, incisos e parágrafos, além de sugerir modificações e inclusões de dispositivos. Esta nova versão do Código Comercial caminhará juntamente com a análise da Câmara dos Deputados em relação ao PL 1572/2011, dando maior celeridade ao processo.

A notícia sobre o anteprojeto foi dada pelo ministro João Otávio de Noronha, do Superior Tribunal de Justiça, presidente da comissão de juristas responsável por analisar o novo Código Comercial, durante reunião-almoço promovido pelo Instituto dos Advogados de São Paulo no dia 13 de setembro.

Segundo o magistrado, no trâmite normal, a Câmara examina e aprova uma versão que segue para o Senado analisar, acrescentar e aprovar. Com este trabalho paralelo, se ganha tempo, e os anseios da sociedade são atendidos mais rapidamente.

Já o autor do texto que deu origem ao projeto, o advogado Fábio Ulhôa Coelho, ressaltou durante o evento que existem diferenças nas propostas discutidas nas duas casas do Legislativo, entretanto, garantiu que os projetos são “compatíveis em sua estrutura e filosofia”.

“O anteprojeto proporcionará ao fomento mercantil uma regulamentação jurídica que atende a quase totalidade dos anseios da categoria e da sociedade, sem o ônus de um órgão regulador. Sem dúvida, é a nossa melhor lei. Trata-se de um grande avanço e uma vitória espetacular”, comenta o presidente do SINFAC-SP, Hamilton de Brito Junior (na foto, com o ex-presidente do SINFAC-SP Pio Daniele e o ministro João Otávio de Noronha).

O dirigente do Sindicato, que participou da reunião-almoço do IASP, lembrou ainda que na primeira versão do novo Código Comercial (PL 1572/2011), o fomento mercantil sequer foi contemplado no texto, e o SINFAC-SP muito se empenhou para obter as duas primeiras emendas, por meio dos deputados Guilherme Campos e Laércio Oliveira, e que se tratava de uma boa possibilidade de o setor estar incluso na nova lei.

“Agora não se trata mais de uma possibilidade, e sim, de um fato concreto. Assim, o factoring deixa de ser uma atividade atípica por estar agora tipificada no novo Código Comercial”, conclui Hamilton.

Fontes: Reperkut, IASP e SINFAC-SP

[/av_textblock]

[/av_three_fourth][av_one_fourth min_height=” vertical_alignment=” space=” custom_margin=” margin=’0px’ padding=’0px’ border=” border_color=” radius=’0px’ background_color=” src=” background_position=’top left’ background_repeat=’no-repeat’ animation=” mobile_display=”]

[av_sidebar widget_area=’Sidebar Blog’]

[/av_one_fourth]
[/av_section]

Deixar uma resposta