Como a IBM está atuando no combate à pandemia.

A tecnologia está e sempre esteve à serviço da sociedade. A IBM tem atuado em várias frentes para ajudar no combate à covid-19, disponibilizando tecnologia e dando suporte ao trabalho de desenvolvedores, pesquisadores, profissionais de saúde e de educação com iniciativas de alcance global e projetos locais.

IBM Clinical Development

A IBM disponibilizou globalmente o sistema IBM Clinical Development (ICD), uma tecnologia usada por empresas farmacêuticas para reduzir o tempo e o custo de ensaios clínicos, de forma gratuita às agências de saúde para acelerar o desenvolvimento de tratamentos com medicamentos. No Brasil, alguns estudos estão em andamento na Contract Research Organization Azidus Brasil e no laboratório de pesquisa Cellavita com o objetivo de encontrar possíveis opções de tratamento para ajudar a lidar com a pandemia de covid-19.

Summit

A enorme capacidade de processamento do Summit, supercomputador desenvolvido pela IBM, está ajudando laboratórios dos Estados Unidos a simular o crescimento do coronavírus e encontrar compostos que podem combatê-lo, acelerando a pesquisa. Também nos EUA, a IBM faz parte do COVID-19 High Performance Computing Consortium, que gera uma quantidade sem precedentes de poder de computação em colaboração com o Escritório de Política Científica e Tecnológica da Casa Branca, o Departamento de Energia dos EUA e outros para ajudar pesquisadores em todos os lugares a entender melhor a covid-19, seus tratamentos e as possíveis curas.

Como a IBM está atuando com a sociedade?

IBM(Fonte: Shutterstock)

Sabemos o quão desafiadora pode ser a adaptação à tecnologia, por isso acreditamos em ações conjuntas de voluntariado e apoio à sociedade.

Voluntariado

Na América Latina, os IBMistas já dedicaram mais de 26 mil horas de trabalho voluntário para ajudar instituições educacionais, ONGs, governos e empresas a desenvolver iniciativas e programas que apoiem a sociedade e as comunidades em toda a região durante a pandemia de covid-19.

Parceria com a Cisco

A parceria entre IBM e Cisco visa apoiar o aprendizado contínuo de estudantes de escolas públicas e privadas da América Latina. Para isso, IBMistas ensinaram professores a utilizar a ferramenta Cisco WebEx, treinando mais de 9,3 educadores e atingindo mais de 164 mil estudantes em toda a região.

Governo de São Paulo

A IBM atuará com serviços de consultoria para o governo do Estado de São Paulo, localizando a solução Watson Assistant for Citizens e treinando o assistente virtual para idioma local.

Tecnologia como aliada para a transformação digital

Para apoiar a transformação digital, que foi acelerada neste momento, o papel da IBM ficou mais evidente.

Contexto

A digitalização irá impactar os modelos de negócios e a experiência dos consumidores. A pandemia acelerou o processo de digitalização das empresas, e é preciso a fazer que esse movimento seja escalável, mantendo a segurança.

  • A IDC afirma que 62,8% das empresas no Brasil estão empregando um modelo de trabalho dinâmico e reconfigurável.

Durante março e abril, no começo da pandemia, as empresas estavam focadas em como permanecerem operacionais: enfrentar o aumento da demanda tecnológica, seja por parte dos clientes, seja como resultado de ter a força de trabalho atuando em casa e mantendo a segurança dos dados diante do aumento de ataques cibernéticos.

  • 66% das empresas acreditam que os modelos operacionais precisarão ser ativados digitalmente para levar em conta mais automação e soluções sem contato; 66% das empresas afirmam que o trabalho em casa será adicionado ou expandido na política de RH; e 62% defendem que o modelo de engajamento do cliente (incluindo vendas e suporte) precisará ser expandido em canais digitais e de autoatendimento.

E isso não foi sempre um ponto de vista, mas agora, mais do que nunca, deve ser focado em como ser competitivo no longo prazo.

Cibersecurity

Por meio do IBM X-Force, conseguimos perceber, desde 11 de março, quando a covid-19 foi declarada uma pandemia pela Organização Mundial da Saúde (OMS), aumento de mais de 6.000% em spam relacionado ao tema. Muitos desses e-mails fingem vir de bancos, oferecendo serviços e empréstimos ou notificando alguma transação, e se parecem bastante com comunicações oficiais, tendo logos bastante realistas e levando a sites falsificados para obter acesso a credenciais de login.

  • Golpes e fraudes digitais tiveram crescimento de 40% no número de incidentes de segurança globais no primeiro trimestre de 2020 em relação ao mesmo período em 2019, de acordo com um estudo da IBM X-Force IRIS.
Resiliência e nuvem

Vimos um movimento das empresas no Brasil migrando para o mundo digital, para a nuvem, para oferecer mais valor agregado aos clientes. É importante ter um ambiente de TI flexível e resiliente, com infraestrutura, serviços e nuvem híbrida, que garanta a continuidade de serviços e negócios de maneira robusta. Esse ambiente deve ser capaz de processar dados de maneira rápida e eficiente e atender às necessidades dos funcionários que estão trabalhando remotamente e de clientes que precisam de respostas cada vez mais rápidas e atendimentos em tempo real.

  • No mundo, empresas gastaram US$ 31 bilhões em serviços de computação em nuvem entre janeiro e março deste ano, um aumento de 34% em comparação com o mesmo período de 2019, segundo a Canalys.
Case: CoronaBr — Startup

A equipe do CoronaBR desenvolveu o aplicativo de enfermeiro virtual Pedro do CoronaBr, que, a partir de roteiros de diagnóstico clínicos (teleorientação em casos de sintomas autolimitados), faz perguntas e usa sinais de alerta em relação aos sintomas indicados. Lançada em 19 de março, a plataforma ultrapassou 1 milhão de acessos em 24 horas e 3 milhões em 48 horas.

Fonte: TecMundo.

Deixar uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.